quinta-feira, 20 de março de 2008

Sacanagem


Isto lhe lembra algo? Sacanagem, sim.. sacanagem, algo que da prazer a muitos, e que surpreende muitos também. Lembra-se daquele rostinho inocente? Às vezes um pouco tímido? Que naquela hora do garra agarra, desce a mão e a enche em sua bunda? Confessa vai, você gostou. E se na hora H ela, ou até mesmo ele (por que não?), pedir uns tapinhas na bunda? Você irá negar? Um pouquinho de sacanagem sempre esquenta as coisas. Uma puxadinha no cabelo, uma mordidinha nos lábios, aquela pegada, e por que não, algumas palavras mais “calientes”? Ou, diria mais “sacanas”? Chamar-la de gostosa bem no pé do ouvido. Esfregar seu corpo no dele insinuantemente. Ou ir mais além, pedir “me possui”, ou mesmo dizer “trepa comigo?”, ou por que não, “me fodi!”?
Afinal, entre quatro paredes vale ou não vale tudo?



Gaia

terça-feira, 18 de março de 2008

Você é... Puro?


Desculpem pela demora a postar, pois este final de semana foi muito agitado e acabei ficando sem tempo para vir até aqui, e também ainda não me recuperei desta "agitação" toda Image Hosted by ImageShack.us.
Hoje vim até aqui para dar uma passada rápida e postar um teste que vi no Blog de meu amigo do X-Bacon Sem Salada . É o "Teste de Pureza", é muito fácil, faça e comente seu resultado, sua porcentagem de "pureza"!
Teste:
Quanto sou puro?

O meu resultado foi de 54% (54.9%). Está vendo, eu sou uma garota bem pura com um Blog um pouquinhooo impuro Image Hosted by ImageShack.us
hehehehehee

Gaia

quarta-feira, 12 de março de 2008

Eu Mesma Me Apalpo

Eu amo a mim mesma,
Eu quero que você me ame.
Quando estou me sentindo "por baixo",
Eu quero você por cima de mim.
Eu procuro a mim mesma,
Eu quero que você me encontre.
Eu esqueço de mim mesma,
Eu quero que você me faça lembrar...

Refrão:
Eu não quero nenhum outro.
Quando eu penso em você,
Eu mesma me apalpo.
Eu não quero nenhum outro,
Oh não, oh não, oh não...

Você é aquele que me faz vir correndo,
Você é o sol que me faz brilhar.
Quando você está por perto, estou sempre rindo,
Eu quero fazer de você minha propriedade...

Eu fecho meus olhos
E te vejo diante de mim.
Acho que morreria
Se você fosse me ignorar.
Um bobo poderia perceber
Exatamente o quanto eu te adoro.
Eu fico de joelhos,
Eu faria qualquer coisa por você...

Refrão:
Eu amo a mim mesma,
Eu quero que você me ame.
Quando estou me sentindo "por baixo",
Eu quero você por cima de mim.
Eu procuro a mim mesma,
Eu quero que você me encontre.
Eu esqueço de mim mesma,
Eu quero que você me faça lembrar...

Refrão:
Eu quero você,
Eu não quero nenhum outro.
E quando eu penso em você,
Eu mesma me apalpo.
Ooh, oooh, oooooh, aaaaaah

Eu não quero nenhum outro.
E quando eu penso em você,
Eu mesma me apalpo.
Eu não quero nenhum outro.
E quando eu penso em você,
Eu mesma me apalpo...

Eu mesma me apalpo... (7x)
Eu honestamente me apalpo...
Eu mesma me apalpo... (3x)
Eu honestamente me apalpo...
Eu mesma me apalpo...

Divinyls




video

Adoro esta música, espero que também gostem, e não se esqueçam de ver o vídeo!
Image Hosted by ImageShack.us



Gaia

domingo, 9 de março de 2008

Encontro Casual II - "A Casa do Amigo"

Mas uma sexta-feira, e nos encontramos novamente, só que desta vez ele já não estava tão encabulado com a minha presença. Logo quando me viu abriu um pequeno e singelo sorriso, então o cumprimentei com um doce beijo no rosto. Sentamos na velha praça novamente, e nos juntamos com os amigos e nos pusemos todos a beber e a jogar conversa fora. Entre um papo e outro, vários olhares acompanhados de pequenos sorrisos.Aqueles beijos e amassos havia me rendido muitos pensamentos durante a longa semana. Em meio a conversa e a hora que logo se passou sem percebermos, surgiu um convite de um dos amigos:
-Vamos todos lá em casa, vamos comprar umas bebidas e ouvir música.
No mesmo momento olhamos um para o outro, parecia que havíamos pensado na mesma coisa.Então ele se levantou e sentou ao meu lado, e perguntou:

- Você também vai, né?
Respondi insinuantemente:
- Você quer que eu vá?
E lá estava ele com seu sorriso tímido novamente:
- Sim, quero.

Antes passamos em um pequeno mercado, os garotos se encarregaram das bebidas, e ele ia entrando no mercado, então peguei em sua mão e o puxei para perto de mim, me coloquei em sua frente e olhei bem nos olhos dele, então cheguei perto como se fosse beija-lo, e então beijei-lhe a nuca, sorri e sai andando.
Apenas o queria provocar, pois acreditava que aquela noite ainda seria longa.
Então chegamos na casa de nosso amigo, fomos para o quarto, jogamos cartas, muitas risadas, e alguns uns tanto embriagados. No fim de uma partida, ele se levantou, acompanhei com o olhar, ele passou por de trás de mim e se abaixou ao meu lado, e cochichou em minha orelha:
- Vamos ali?
Fiquei muito surpresa...
Levantei-me, ele pegou-me pela mão e fomos a um outro cômodo da casa, não conseguia enxergar direito, pois estava escuro e eu mal conhecia a casa, então ele iluminou com a luz do celular e me guiou segurando-me pela mão, então percebi que estávamos na sala... Ele parou... e para minha total surpresa, ele me encostou com voracidade na parede e me beijou, de um jeito como se o mundo fosse acabar, colocou as mãos em minha cintura e na mesma direção percorreu meu corpo segurando em minhas coxas... No momento não conseguia pensar em nada, apenas meu corpo e meus desejos criavam vontade própria, pois a cabeça só conseguia pensar naquele momento.
Agarrei-lhe os cabelos com uma mão, e a outra lhe segurei a cintura apertando com força, coloquei minha mão por de baixo de sua blusa, e com as unhas percorri as costas dele, ele se arrepiou, e soltou um pequeno gemido, com a boca subi até seu pescoço, enquanto suas mãos, rondavam meu corpo me apertando.. me querendo!
As enconchadas e beijos já estavam ficando difícil encostados na parede, então ele me puxou pela mão e sentou no sofá me puxando para cima dele, sentei em seu colo de frente, com as pernas entrelaçando-o... Enquanto o que mais nos excitava era o risco de alguém chegar e nos surpreender daquela forma em cima do sofá, mas pareceu que bastou pensar neste risco, para que quase aconteça.

Ouvimos barulho, então em um pulo sentei-me no sofá, ele se endireitou e não sabia como agir, então puxei-lhe o rosto e o beijei suavemente, para que não ficasse na cara que estávamos a fazer "coisas erradas" quando o 'estraga prazer' chegasse na sala e ascendesse a luz. E diria que deu certo, era o nosso amigo, o dono da casa, ele ascendeu a luz e viu dois jovens comportados sentadinhos um ao lado do outro unidos por um beijo bem tranqüilo e apaixonado!
(risos)

Mas foi bom de qualquer maneira, e quem diria que aquele garoto tímido fosse me surpreender de tal maneira!

Gaia

quarta-feira, 5 de março de 2008

Homem: O Melhor Remédio do Mundo


O Ministério da Saúde, preocupado com o que vem ocorrendo no mercado no que diz respeito ao uso inadequado de alguns medicamentos, vem a público para prestar os seguintes esclarecimentos às mulheres:


NOME DO MEDICAMENTO : HOMEM


Indicações:

Homem é recomendado para mulheres em geral.

Homem é eficaz no controle do desânimo, da ansiedade, irritabilidade, mau humor, insónia, etc....

Posologia e Modo de usar:

Homem deve ser usado pelo menos três vezes por semana.

Não desaparecendo os sintomas, aumente a dosagem ou procure outro.

Homem é apropriado para uso externo ou interno, dependendo das necessidades da mulher.

Precauções:

Mantenha longe do alcance das amigas. Manuseie com cuidado, pois Homem explode sob pressão, principalmente quando associado a álcool etílico.

É desaconselhável o uso imediatamente após as refeições.

Apresentação:

Mini, Midi, Plus ou Super Mega Maxi Plus (ui!...).

Conduta na Overdose:

O uso excessivo de Homem pode produzir dores nas ancas, dores abdominais, entorses, contracturas lombares, assim como ardor na região pélvica.

Recomenda-se banhos de assento, repouso e confidências para a melhor amiga.

Efeitos Colaterais:

O uso inadequado de Homem, pode acarretar gravidez e acessos de ciúmes.

O uso concomitante de produtos da mesma espécie pode causar enjoo, fadiga crónica e em casos extremos lesbianismo.

Prazo de Validade:

O número do lote e a data de fabricação, encontram-se no Bilhete de Identidade e no cartão de crédito.

Composição:

Água, tecidos orgânicos, ferro e vitaminas do complexo P.

Atenção:

Não contém CIMANCOL.

Cuidado:

Existem no mercado algumas marcas falsificadas _ embalagem de excelente qualidade, mas quando desembrulhado, verifica-se que o produto não fará efeito nenhum, muito pelo contrário, o efeito é totalmente oposto, ou seja, além de não ser eficaz no tratamento das mulheres, podem agravar os sintomas e até inibindo o efeito do medicamento correcto.


INSTRUÇÕES PARA O PERFEITO FUNCIONAMENTO DE UM HOMEM


1 - Ao abrir a embalagem, faça uma cara neutra: não se mostre muito empolgada com o produto. Se fica muito segura de si, o homem não funciona bem.

2 - Guarde em local fresco (homem fedorento não dá) e seguro (não esqueça que ele é o sexo frágil).

3 - Deixe fora do alcance de qualquer vizinha sorridente. Ela pode fazer um estrago ao seu produto.

4 - Para ligar, basta uns beijinhos no pescoço pela manhã, (Falta de educação é um defeito de fábrica).

5 - Programe-o para assinar os talões de cheque sem fazer muitas perguntas.

6 - Carregue as baterias três vezes por dia: café da manhã, almoço e jantar. Mais do que isso provoca pneuzinhos indesejáveis.

7 - Em caso de defeito, algumas tácticas costumam dar certo _ comece escondendo o controlo remoto. Se a falha persistir, cancele o futebol do fim-de-semana e o copo com os amigos.

Se o problema for grave mesmo, é preciso tratamento de choque: a única solução é greve de sexo.

8 – Há coisas que devem ser estimuladas para ele fazer bem, como seja mudar lâmpadas, abrir frascos de azeitonas de maionese e latas em geral, trocar pneus, carregar malas, pregar pregos na parede, arrumar o carro, passear com o cão, etc.

Atenção: Homem não tem garantia e todas as espécies são sujeitas a defeitos de fábrica, como deixar toalha molhada na cama, urinar na tampa do sanitario, deixando-a levantada, fazer confusão, espalhar as coisas, criticar, reclamar, se auto-exaltar, beber demais, comer cebola, esquecer datas de aniversário, roncar, etc....

Não existe conserto. A solução é ir trocando até que se encontrar o modelo ideal, que dizem as recentes pesquisas, ainda não foi INVENTADO (mas não custa nada tentar!).



terça-feira, 4 de março de 2008

Gostas de Chocolate?.. E de Beijo?


Já encontrarão a pessoa dona (o) daquela boca tentadora? Sabe, aquela (e) que tem aquele beijo?
E aquele chocolate? O seu preferido àquele que derrete na boca, e que por mais que você coma fica o gostinho de quero mais!
E esse sabor divino, que eu vim comparar com seu beijo. Seus lábios macios, sua boca quente... quente, muuito quente! Sua língua em movimentos leves, seu sabor... tão gostoso de provar, da vontade de morder! Hum... morder-te a parte inferior dos lábios, puxar levemente com a ponta dos dentes!
O prazer e a satisfação que o chocolate traz, já é comparado com a satisfação de um beijo, e também eleva os níveis de Endorfina, fazendo com que a pessoa se sinta amada, e você... Hum,... você é meu chocolate!
Quero poder aproveitar-me de tudo, até o restinho da panela! ;)


Gaia

sábado, 1 de março de 2008

Encontro Casual - "O Encontro"


Depois de alguns encontros casuais, começamos a conversar, sabe qualquer coisa, qualquer assunto?
Nos encontramos naquela velha praça, onde usamos como desculpa no fim de semana para beber e ver os amigos, os olhares se cruzaram, e depois de um certo tempo me aproximei...
Ele tímido ficou um pouco acanhado, mas conforme a conversa ia rolando, ele ia se soltando, então perguntei:
- Você me acha atraente?
No mesmo instante ele corou, deu uma risada sem graça, então peguei em seu rosto e o virei para mim, olhei nos olhos e perguntei novamente...
- Você me acha atraente, gostas de mim?
- Sim, acho você muito bonita.
Esperava algum tipo de reação, mas ele só desviou o olhar e baixou a cabeça com um pequeno sorriso nos lábios. Novamente peguei-lhe o rosto fazendo com que olhasse para mim. Coloquei delicadamente meu dedo na boca, deixando-o molhado, tirei e passei nos lábios dele, umedecendo. Ele ficou paralisado, então sentei em seu colo entrelacei meus dedos em seu cabelo e beije-lhe com fervor. Fui deliciosamente correspondida, e em meio aquele beijo quente, lhe mordisquei os lábios, lhe suguei a língua, e desci até seu pescoço e em seguida subi até sua orelha, onde ele parecia já estar em delírio, pelo modo como respirava fortemente.
Convidei-lhe para ir a algum canto mais sossegado, peguei em sua mão e ele me seguiu, fomos a um lugar que tinha pouca iluminação e que passava por ali poucas pessoas. Encostei-me na parede e ele se pôs a minha frente, e continuamos de onde paramos. Conforme os beijos iam rolando, as suas mãos me seguravam com cada vez mais firmeza, até que sem perceber já estávamos em amassos ardentes, por mais que tentasse evitar nossos corpos se desejavam. Mas como já ouvimos muito, temos que curtir o momento, e esse momento, hummm voluptuoso!
Quem sabe em um próximo encontro... Proposital.


Gaia